Letra da música
A Partida
Teixeirinha

LP Gaúcho Autêntico (1964)


Quem inventou a partida nunca teve coração
Quem me ver cantar assim talvez vai me dar razão
Quem parti, parti chorando a triste separação
Quem fica chora também na mais triste solidão

Quem parti leva saudade quem fica saudades tem
Quem parti, parti chorando quem fica chora também
Passa a noite soluçando ouve quando apita o trem
Levanta e vai pra janela não aparece ninguém

Senta na mesa e não come o rádio não pode ouvir
Entra pro quarto chorando pensando que vai dormir
Mas olha perto do leito vê uma foto a sorrir
Abraça junto do peito dá vontade de partir

Como dói uma saudade depois que faz a partida
Aquele que vai embora leva a alma dolorida
Vai sofrendo por deixar a sua prenda querida
Sofrer um longe do outro são coisas da nossa vida

Adeus meu pai minha mãe não sei quando voltarei
Adeus adeus meus amigos adeus mulheres que amei
Eu levo o peito ferido dos amores que já gozei
Como dói uma partida quantas vezes já chorei.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

PRENDA: Jóia, relíquia, presente (dádiva) de valor; em sentido figurado, é a moça gaúcha porque ela é jóia do gaúcho.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Quem inventou a partida nunca teve coração quem me ver cantar assim talvez vai me dar razão quem parti, parti chorando a triste separação quem fica chora também na mais triste solidão
Gaúcho Autêntico de Teixeirinha

Com uma trajetória de sucesso Teixeirinha em seu LP Gaúcho Autêntico, lançado em 1964, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Teixeirinha.

Parceiros