Letra da música
Na Minha Terra é Assim
Porca Véia

CD Cordeona de Alma Viva (2001)


É lindo ver a moçada bater o pé no salão
Numa bailanta campeira ao estilo do rincão
Ver um gaiteiro pachola que abraça a gaita com calma
Num fole que vai e vem tirando acordes da alma

Na minha terra é assim do inicio ao clarear do dia
Da gosto ver a minha gente bailando em harmonia
E até os tauras mais velhos com gargo e galhardia
Num grito de upa e se vamo se entreveram na folia

Queria que o mundo visse como é que vive esse povo
Que tem glórias no passado e a força do sangue novo
Lá no garrão do brasil vivendo alegre o presente
Preocupado com o futuro e a honra da nossa gente

E no dia que eu me for cantar na outra querência
E o pai velho criador vai ter a santa paciência de deixar
De vez enquando que eu volte pra minha terra bombear um
Fandango grande num rancho em cima da serra


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

RANCHO: Primeira habitação erguida no Continente de São Pedro, edificada com material que abundava no local (leiva, torrão, pedra ou pau-a-pique e barreado), coberto com quincha.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) É lindo ver a moçada bater o pé no salão numa bailanta campeira ao estilo do rincão ver um gaiteiro pachola que abraça a gaita com calma num fole que vai e vem tirando acordes da alma
Cordeona de Alma Viva de Porca Véia

Com uma trajetória de sucesso Porca Véia em seu CD Cordeona de Alma Viva, lançado em 2001, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Porca Véia.

Parceiros