Letra da música
A Estrela e o Poeta
Grupo Querência

CD Campeiros e Urbanos (1998)


Uma estrela la no céu a caminhar
Mostra-me um rumo bem bonito a ser seguido
Para quem canta e encanta a própria alma
Siga com calma que nem tudo esta perdido

Dei um sorriso quando vi aquela estrela
Brilhando forte no meu mundo adormecido
Agradeci a ela pela paciência
Ficou a experiência do que podia ter sido

Na outra noite eu voltei pra minha janela
Pra esperar ela trouxe também o meu pinho
Me parecia que a estrela perguntava
Se eu continuava no meu rancho ali sozinho

Cantei um pouco pra desabafar meu peito
Não teve jeito isso parece um castigo
Eu supliquei olhando para aquela estrela
Desça na terra, vem e leva-me contigo

Porém a estrela que o poeta se refere
É a mais bonita de toda a constelação
Porém se um dia ela parar de brilhar
Para também o meu pobre coração

Notei que a estrela vinha seguindo meus passos
Em tudo que faço sempre resta uma esperança
Clareou o dia e a estrela foi embora
Levando consigo os meus sonhos de criança


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

RANCHO: Primeira habitação erguida no Continente de São Pedro, edificada com material que abundava no local (leiva, torrão, pedra ou pau-a-pique e barreado), coberto com quincha.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) uma estrela la no céu a caminhar mostra-me um rumo bem bonito a ser seguido para quem canta e encanta a própria alma siga com calma que nem tudo esta perdido
Campeiros e Urbanos de Grupo Querência

Com uma trajetória de sucesso Grupo Querência em seu CD Campeiros e Urbanos, lançado em 1998, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Grupo Querência.

Parceiros