Letra da música
Alpargatita
Marcelo Oliveira

CD Tempo Escrito (2010)


Nasceste humilde como o 'gaucho' que te leva
Co agulha, piola e algum pedaço de lona
Foste de arrasto costurada
Pela mão d'alguma miséria

Sola em rodilhas como o laço que se ata
Cieste de yapa aguentar areia, pasto, pedra
E alguma geada branqueadora, por machaza
E alguma geada branqueadora, por machaza

Não carregas estreludas nazarenas
E as garroneiras pensam que não és da doma
E tu te assoma, arrastada num tranquear
Pois, sem chorar, carrega tuas penas

Mirando uma china que costeava o rio da prata
Deus, por graça, prendeu nela uma flor
E pra rimar, da mesma cor fez teu pelo alpargata
E pra rimar, da mesma cor fez teu pelo alpargata

Cruzaste a linha como todo contrabando
Arrastado é destino que carregas
Agulha, piola e algum pedaço de lona
Nasceste humilde como o 'gaucho' que te leva

Até o da venda pegaste pra companheiro
Num ir e vir de lá pra cá sem chorar
E, sem chorar, por tranqueadora, amaciaste
O chão duro da pulperia

Cruzaste a linha como todo contrabando
Arrastado é destino que carregas
Agulha, piola e algum pedaço de lona
Nasceste humilde como o 'gaucho' que te leva

Mirando uma china que costeava o rio da prata
Deus, por graça, prendeu nela uma flor
E pra rimar, da mesma cor fez teu pelo alpargata
E pra rimar, da mesma cor fez teu pelo alpargata

Nasceste humilde como o 'gaucho' que te leva .


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

PIOLA: Pedaço de corda.

RODILHAS: Côlhas (voltas) do apero (laço, sovéu ou outra corda), que juntam-se na mão que não vai atirar no animal a ser capturado.

LAÇO: Apero (acessório) trançado de couro cru, composto de argola, ilhapa, corpo e presilha.

CHINA: Mulher mameluca (primeira companheira do gaúcho).

Compartilhe

(letra e música para ouvir) nasceste humilde como o gaucho que te leva co agulha, piola e algum pedaço de lona foste de arrasto costurada pela mão dalguma miséria
Tempo Escrito de Marcelo Oliveira

Com uma trajetória de sucesso Marcelo Oliveira em seu CD Tempo Escrito, lançado em 2010, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Marcelo Oliveira.

Parceiros