Image
CLIQUE NA IMAGEM PARA AUMENTAR.

CD De Alma, Campo e Saudade

Ano: 2015

Paullo Costa



LEGENDA: Letra disponível Vídeo disponível

Valorize o trabalho do artista.
Adquira sempre produtos originais.

Uma letra

Milonguita dos Cavalos

(Thunão Pereira/Paullo Costa)

Milonguita dos cavalos que eu canto pra gauchada
Milonga da cavalhada, cabulosa e retovada
Já cantei tantas milongas que até já perdi a conta
Mas esta é mui especial, pois é a milonga das monta'

Com relincho nos acordes, ranger de basto e carona
Milonga flor de gaúcha, fandangueira e gaviona
É milonga dos cavalos, parceira das campereadas
De toda a lida campeira, da vida com a potrada

Ah, milonguita matreira, ah, milonguita matreira
De pechar boi na invernada, crioula lá da fronteira
Paisana, venta rasgada, ah, milonguita matreira

Bate cascos no meu canto na invernada dos galpões
Paleteando o telurismo no rodeio das canções
É louca, é bela, é faceira de se dançar se atirando
Como se fosse uma potra pelo campo corcoveando

Que no palanque da gaita se inquieta e se empina
Me convidando pro enleio bem grudadito nas crina
Com relincho nos acordes, ranger de basto e carona
Milonga flor de gaúcha, fandangueira e gaviona

Ah, milonguita matreira, ah, milonguita matreira...


Álbum: De Alma, Campo e Saudade / 2015

Outros Álbuns

CD Serrano de Alma Pura

Ano: 2020

CD Segue o Baile

Ano: 2018

DVD CD e DVD Ao Vivo 20 Anos

Ano: 2017

CD É Desse Jeito

Ano: 2005
Estamos no
Twitter
no
Facebook
e também no
Instagram