Letra da música
Meu Rio Grande
Berenice Azambuja

LP Gauchinha Faceira (1976)


Eu sou gaúcha pelo duro, meu amigo
E amo a terra que me viu nascer
Por isso eu digo onde quer que eu ande
É no rio grande que eu quero morrer

Oh meu rio grande, oh meu rio grande
Quantas belezas que teu solo tem
Oh meu rio grande, oh meu rio grande
Todos te cantam eu vou cantar também

Verdes campinas e torais de serras
Quantas estrelas sob um céu de anil
Esta querência de feição tão bela
É a sentinela de teu sul brasil

Foi neste pago que nasceram um dia
Aqueles bravos da revolução
Bento gonçalves, canavarro e neto
Eles que honram nossa tradição


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

QUERÊNCIA: Lugar onde se gosta de viver; se quer viver; lugar do bem-querer.

PAGO: Lugar em que se nasce, de origem

Compartilhe

(letra e música para ouvir) eu sou gaúcha pelo duro, meu amigo e amo a terra que me viu nascer por isso eu digo onde quer que eu ande É no rio grande que eu quero morrer
Gauchinha Faceira de Berenice Azambuja

Com uma trajetória de sucesso Berenice Azambuja em seu LP Gauchinha Faceira, lançado em 1976, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Berenice Azambuja.

Parceiros