Letra da música
Tem Mosquito no Salão
Berenice Azambuja

LP Gauchinha Faceira (1976)


Tem mosquito no salão,
Foi um gaúcho largado,
Índio mal acostumado
Que apagou a lampião.

Num baile cheio, onde ninguém se mexia
Aparício apertava, era só o que fazia -
Endoidecia na sombra do lampião
Cada moça que passava recebia um beliscão.

Até o pedro que de santo não tem nada
Começou a meia noite e beliscar a namorada
A velharada vendo aquela situação,
Gritava desesperada tem mosquito no salão.

Muita mordida, belisca e ferrão
Tudo isso acontecia bem no meio do salão -
Aborrecido com o que estava acontecendo
O patrão dono do baile acabou também dizendo:


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

GAÚCHO: Palavra de origem guarany, pois nessa língua não existe vocábulos com o som da letra “L”.

PATRÃO: A maior autoridade de uma Estância, Fazenda ou CTG.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) xote tem mosquito no salão tem mosquito no salão, foi um gaúcho largado,
Gauchinha Faceira de Berenice Azambuja

Com uma trajetória de sucesso Berenice Azambuja em seu LP Gauchinha Faceira, lançado em 1976, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Berenice Azambuja.

Parceiros