Letra da música
Meu Xote Amigo
Gildo de Freitas

LP Gildo de Freitas - Rei do Improviso (1972)


Meu xote amigo estão te abandonando
Te desprezando sem ter piedade
Eu quero ainda que sejas tocado
Que sejas dançado pela mocidade
A tua volta eu sei que não retarda
Porque a Jovem Guarda te dão liberdade

É muito linda esta dança de hoje em dia
Trás muita alegria para muitos ambientes
Mas eu convido a querida mocidade
Para dar liberdade pro dançar de antigamente
A tua volta eu sei que não retarda
Porque a Jovem Guarda ficarão contente

As nossas danças atuais são cousa linda
Temos ainda nossos pais que não morreram
Os nossos pais ficariam mais contentes
Se voltasse novamente as danças que conheceram
A tua volta eu sei que não retarda
Porque a Jovem Guarda já te compreenderam

Vamos moçada dançar um xote marcado
A dança do nosso Estado reviver antiguidade
Pois é preciso que ela ter divulgação
e ter mais penetração dos costumes da cidade
A tua volta eu sei que não retarda porque
A Jovem Guarda conhece a verdade

(Vamos fechar as porteira, gaúcho)

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Meu xote amigo estão te abandonando Te desprezando sem ter piedade Eu quero ainda que sejas tocado Que sejas dançado pela mocidade
Gildo de Freitas - Rei do Improviso de Gildo de Freitas

Com uma trajetória de sucesso Gildo de Freitas em seu LP Gildo de Freitas - Rei do Improviso, lançado em 1972, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Gildo de Freitas.

Parceiros