Letra da música
Barraca Armada / Casamento é Uma Gaiola
João Luiz Corrêa

CD Campeirismo 4 (2003)


BARRACA ARMADA

Tiro de laço gineteada, companheirada, bom chimarrão
No sarandeio belas chinocas no entremeio , uma canção
Trovas, repentes, bons violeiros, canções nativas e o carreteiro
Entrelaçados em harmonia, ao pé do fogo neste rodeio

É no acampamento, lugar da pousada, onde se descansa
Mas sempre de barraca armada
E a gauchada toda animada, dança com as prendas de barraca armada
Tem gaita ponto entreverada com a pianada em desafio

Mas nunca falta o piá campeiro, todo pilchado no correntio
Fica bombeando o que se passa e apavorado conta o que viu

CASAMENTO É UMA GAIOLA

Tempo bom é o de solteiro
A gente vai a qualquer lugar
Hoje eu falo vou mulher
A mulher fala não vá

O rapaz quando é solteiro fica liso que nem santo
Só fala coisa bonita e tem medo de quebranto
Mas depois que ele casa fica mudo perde o encanto
Quando vem o primeiro filho não veste mais terno branco

Casamento é uma gaiola coisa ruim de se engolir
Quem tá fora quer entrar quem tá dentro quer sair
Quando arrepende é tarde não tem por onde fugir
A lei de Deus é sagrada e a gente tem que cumprir

Compartilhe

(letra e música para ouvir) BARRACA ARMADA Tiro de laço gineteada, companheirada, bom chimarrão No sarandeio belas chinocas no entremeio , uma canção

Parceiros