Letra da música
Bate Coxa
Rui Biriva

LP Rui Biriva (1990)


Esta música está disponível para ouvir

Ando com pé que um leque
Por um bate coxa que é lá da fronteira
Oigate coisa bem boa,
Os bate coxa lá da fronteira

Gaita, violão e pandeiro
Luz de candeeiro e guria faceira
E gente grudada que nem sanguessuga
Sacudindo as pulgas numa rancheira.
E de-lhe rancheira, de-lhe rancheira a noite inteira
A noite inteira, a noite inteira de-lhe rancheira.

Dessas que assanha a moçada
E deixa a velharada inquieta nas cadeira
Dessa que acorda o baile quando mixa
O gateio espicha a noite inteira
E de-lhe rancheira, de-lhe rancheira a noite inteira
A noite inteira, a noite inteira de-lhe rancheira.

O coração corcoveia da cosca no pé
E assanha a alma campeira
E eu sinto o sangue ferver nas veias
Quando alguém floreia uma rancheira
E de-lhe rancheira, de-lhe rancheira a noite inteira
A noite inteira, a noite inteira de-lhe rancheira.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

GURIA: menina, moça (Se usa em outras partes do Brasil)

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Ando com pé que um leque Por um bate coxa que é lá da fronteira Oigate coisa bem boa, Os bate coxa lá da fronteira
Rui Biriva de Rui Biriva

Com uma trajetória de sucesso Rui Biriva em seu LP Rui Biriva, lançado em 1990, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Rui Biriva.

Parceiros