Letra da música
Balada da Solidão
José Mendes

LP Adeus Pampa Querido (1974)


A onde eu for comigo ira minha tristeza
A onde eu for irá também esta certeza
De que para sempre viverei na solidão...
Na solidão... na solidão.
O dia nasce, o sol de vai, estou sozinho
A noite desce, e não há luz no meu caminho
E ternamente eu vou seguir na solidão...
Na solidão... na solidão.

Sinto no ar a brisa leve que beija a crista destas colinas
Sinto em mim a imensidão da solidão destas campinas
Por isso eu sei e para sempre a onde eu for comigo ira
A solidão... a solidão... a solidão.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) A onde eu for comigo ira minha tristeza A onde eu for irá também esta certeza De que para sempre viverei na solidão... Na solidão... na solidão.
Adeus Pampa Querido de José Mendes

Com uma trajetória de sucesso José Mendes em seu LP Adeus Pampa Querido, lançado em 1974, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de José Mendes.

Parceiros