Letra da música
Abaralhando a Barbela
Nilton Ferreira

CD Ao Vivo (2009)


"bueno moçada, é fim de semana
O serviço em dia, vou ter que tentiar um surungo
Passei a semana inventando rima,
Pois me gusta abrir o peito de chegada
E por cantar a verdade
Ja tem até autoridade querendo meu pelego
Mas hoje.. haha.. lá no bom sussego
De novo eu vou abrir minha goela
Graças a deus, sem tramela
E se não gostarem empino a canha num gole
Passo a faca no fole
Facilita, roubo uma donzela!"

Pronto os encargos, largo meu mouro de lida
Pego o tordilho tratado só pra fuzarca
Passo a semana no galpão quebrando milho
Mas quando sai, sai bombeano a maritaca

Corto caminho pelo campo dos portela
Pego uma aguada, mas desvio na soitera
Gasto um dobrado tendo um pingo só pra farra
Mas cruzo a sanga sem sujar a barrigueira

Abaralhando a barbela, vai meu tordilho
Pisando miudo por galhardo qual o dono
Levo comigo lotes de versos campeiros
Um h.o. mola dupla e uma prateada coqueiro

Viro os pelegos por mania de sestroso
Pego meu trinta recheado, mais um baleiro
Ando com fama de maleva pela volta
Só por entrar a cavalo num destes bailes campeiros

Entro na sala e vou abrindo a garganta
Nisso me pisca a filha do dono da festa
Facilitando roubo a china e corto a gaita
E de novo vou m'embora com fama de quem não presta.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

GALPÃO: Tipo de edificação que com o rancho forma um conjunto habitacional no RGS; numa Estância ou numa Fazenda, abriga o alojamento da peonada solteira, os depósitos de rações, almoxarifados, apetrechos, aperos, galpão-do-fogo, etc.

PINGO: Afetivo de cavalo de estimação.

SANGA: Pequeno córrego, bossoroca.

MALEVA: Malfeitor, desalmado, mau e perverso.

CHINA: Mulher mameluca (primeira companheira do gaúcho).

Compartilhe

(letra e música para ouvir) "bueno moçada, é fim de semana o serviço em dia, vou ter que tentiar um surungo passei a semana inventando rima, pois me gusta abrir o peito de chegada
Ao Vivo de Nilton Ferreira

Com uma trajetória de sucesso Nilton Ferreira em seu CD Ao Vivo, lançado em 2009, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Nilton Ferreira.

Parceiros