Letra da música
Amor de Conveniência
Tchê Barbaridade

CD Desistir Nunca, Render-se Jamais (2010)


Eu tô sozinho,tô quietinho,tô querendo
Tô por ai contando as horas pra ti vê
Tô de bobeira e não tô pegando nada
O tempo todo esperando por você

Tô diferente,tô mudado,tô certinho
Na minha vida não tem mais enganação
Não tô pegando,azarando nem ficando
Só é pra você que abri meu coração

Amor de conveniência que não fecha nunca
Eu tenho aqui comigo vê se não demora
Aberto noite e dia pra atender você
Meu coração te espera vinte e quetro horas

Amor de conveniência que não fecha nunca
Eu tenho aqui comigo vê se não demora
Aberto noite e dia pra atender você
Meu coração te espera vinte e quetro horas

Apaixonado, amarrado, dominado
É como estou depois que eu te conheci
Não tem mais farra nem bebida nem bobagem
Larguei de tudo nunca mais te esqueci

Pensei que fosse uma coisa passageira
E hoje sei que estou amando pra valer
Agora vive dentro do meu coração
Não tem mais jeito ele bate por você

Amor de conveniência que não fecha nunca
Eu tenho aqui comigo vê se não demora
Aberto noite e dia pra atender você
Meu coração te espera vinte e quetro horas

Amor de conveniência que não fecha nunca
Eu tenho aqui comigo vê se não demora
Aberto noite e dia pra atender você
Meu coração te espera vinte e quetro horas (bis 2x)

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Eu tô sozinho,tô quietinho,tô querendo tô por ai contando as horas pra ti vê tô de bobeira e não tô pegando nada o tempo todo esperando por você
Desistir Nunca, Render-se Jamais de Tchê Barbaridade

Com uma trajetória de sucesso Tchê Barbaridade em seu CD Desistir Nunca, Render-se Jamais, lançado em 2010, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Tchê Barbaridade.

Parceiros