Letra da música
Rosa da Vida
Telmo de Lima Freitas

CD 35 Mega Sucessos (2017)


Esta música está disponível para ouvir

Vento, não sopre tão forte,
Que a rosa da vida periga murchar...
Apenas te peço que passes
Gemendo e chorando, sem me machucar...

Vento, não tragas de volta
Aquilo que a vida não quis carregar...
Lembranças que são deslembradas
Ficaram caladas pra não recordar...

Quem nasceu para ser nuvem
Não pode ficar...
Quem nasceu para dar sombra
(Não pode passar...) Bis Bis

Vento, não chegue depressa,
Que a alma começa a querer se aprumar...
Às vezes, são tantos enredos
Que todos os dedos não podem contar...

Vento, não trás redemoinho,
Porque o mês de junho castiga o cantor.
Apenas te peço que tragas
Uma primavera florida de amor...

Quem nasceu para ser terra
Não vai se perder...
Quem nasceu para dar fruto
(Não pode morrer...) Bis Bis

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Vento, não sopre tão forte, Que a rosa da vida periga murchar... Apenas te peço que passes Gemendo e chorando, sem me machucar...

Parceiros