Letra da música
A Pistola do Meu Tio
Os 3 Xirus

CD Lá Pras Bandas do Sul (1996)


Esta música está disponível para ouvir

Eu tenho uma pistolinha, foi presente do meu Tio

Recebi em São Francisco, lá no ronco do bugio.

Meu tio no tempo de moço sempre foi muito pachola

As moças corriam de Le de medo da sua pistola.

A pistola do meu Tio tinha dos palmos de cano

Ele usava em ter as pernas pra esconder dos brigadianos

A pistola do meu tio não é aço que envelhece

Pois sempre depois de um tiro o cano dela envelhece

O meu tio numa ocasião ficou dois dias chaveado

Por que mostrou a pistola pra mulher do delegado.

Meu tio dançava nos bailes com a pistola na cintura

Era só moça vermelha ao sentir a armadura.

Eu não tenho documentos da pistola do meu tio

Quem quiser me denunciar vá a policial civil.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Eu tenho uma pistolinha, foi presente do meu Tio Recebi em são Francisco, lá no ronco do bugio.
Lá Pras Bandas do Sul de Os 3 Xirus

Com uma trajetória de sucesso Os 3 Xirus em seu CD Lá Pras Bandas do Sul, lançado em 1996, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os 3 Xirus.

Parceiros