Letra da música
Bagual é Só
Rui Biriva

CD Pedindo Cancha (2009)


Esta música está disponível para ouvir

Tu chegaste e eu me apaixonei
E agora como eu vou te esquecer.

Amor tem dó não vai não
Meu coração vai virar pó, bagual e só sem chão.

Tu chegaste eu me apaixonei
Meu vagar teatino deixei
De torrão em torrão levantei
Um ranchito pra gente viver

Tanto frio de minuano passei
Tanta chuva ai relento levei
De ganhar e perder eu bem sei
Só não sei como vou te esquecer.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

BAGUAL: excelente, bom, ótimo ou cavalo xucro

TEATINO: Pessoa ou animal sem eira e nem beira, mal trapilho, que vive em extrema pobreza; este vocábulo vem dos padres monásticos que faziam voto de pobreza, castidade e obediência

MINUANO: Vento predominante frio e seco, que sopra do quadrante SW (Alegrete, Uruguaiana, Quaraí, Barra do Quaraí) - donde habitavam os nativos (índios) denominados Minuanos (por essa razão), que se tornaram hábeis campeiros (laçadores e boleadores).

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Tu chegaste e eu me apaixonei E agora como eu vou te esquecer. Amor tem dó não vai não
Pedindo Cancha de Rui Biriva

Com uma trajetória de sucesso Rui Biriva em seu CD Pedindo Cancha, lançado em 2009, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Rui Biriva.

Parceiros