Letra da música
Baile da Gasparina
Rui Biriva

CD Na Estrada do Sul (2007)


Amanhã vão fazer festa no rancho da gasparina
Num canto candieiro aceso, no outro canto lamparina
Amanhã vão fazer festa no rancho da gasparina

Gaita gemendo e chorando, um pandeiro e um violão
Numa vanera daquelas de abrir buraco no chão.
Numa vanera daquelas de abrir buraco no chão.

Quase todos eram crentes orando com devoção
Mas um frasco de água benta cruzava de mão em mão
Quase todos eram crentes orando com devoção

Cada um bebericava numa santa confraria
Não atrapalhava a dança, nem o tranco das gurias
Cada um bebericava numa santa confraria

Mas a gaita do galeno por nada se atrapalhava
Quanto mais pendenga havia muito mais ele tocava.
Mas a gaita do galeno por nada se atrapalhava

Era o compadre neguinho mais um negrito de guerra
Parecia um touro alçado berrando e cavando a terra
Parecia um touro alçado berrando e cavando a terra

Quando facão rebatia no pulso do sezefredo
Parece até que o demônio ficava louco de medo
Parece até que o demônio ficava louco de medo

Amanhã vão fazer festa no rancho da gasparina
Num canto candieiro aceso, no outro canto lamparina
Amanhã vão fazer festa no rancho da gasparina


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

RANCHO: Primeira habitação erguida no Continente de São Pedro, edificada com material que abundava no local (leiva, torrão, pedra ou pau-a-pique e barreado), coberto com quincha.

TRANCO: Andadura lenta dos eguariços.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Amanhã vão fazer festa no rancho da gasparina num canto candieiro aceso, no outro canto lamparina amanhã vão fazer festa no rancho da gasparina
Na Estrada do Sul de Rui Biriva

Com uma trajetória de sucesso Rui Biriva em seu CD Na Estrada do Sul, lançado em 2007, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Rui Biriva.

Parceiros