"Marguiando" em Brasília


Esta música está disponível para ouvir

Eu vou marguiá aqui nessa lagoa
Tirei minhas botas
A bombacha e a cilola
Quero ver se eu encontro
Donde que está o mistério
Que transforma em ladrão
Quem aparenta sério.
{ bis }

Que transforma em ladrão
Quem aparenta sério.

Tu vai marguiá, cuidado mano amigo
Tu vai te sujar
Ali mora o perigo
Homem sem princípio
E lagoa sem vertente
É latrina de rodeio
Ela é que caga na gente.

Homem sem princípio
E lagoa sem vertente
É latrina de rodeio
Ela é que caga na gente.

Eu vou marguiá, cuidado joaquim
Que eles vão te matar
E botar a culpa em mim.

Eu vou marguiá, cuidado getúlio
Tu não vai descansar
Nem dormir com esse barulho.

Eu vou marguiá, cuidado josé
Aí tem piranha, capivara e jacaré.
{ bis }

Eu vou marguiá, eu vou marguiá,
Eu vou dar um marguião pra ver onde vou parar.
{ bis }


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

BOMBACHA: Calça-larga abotoada na canela do gaúcho

Compartilhe

Mano Lima - "Marguiando" em Brasília (letra e música para ouvir) Eu vou marguiá aqui nessa lagoa Tirei minhas botas A bombacha e a cilola Quero ver se eu encontro

Parceiros