Letra da música
Namoro Com Bolo Frito
Os Mateadores

LP Dê-lhe Boca (1988)


Quando vou ver minha prenda
Mato a coceira da goela
Bolo frito com açúcar
Bolo frito com canela

Fogão de lenha comprida, a boca que é uma trincheira
Bolas de massa batida dançando na frigideira


Refrão:namorar é muito bom
Tanto é bom como é bonito
Namorar com mate doce
E um prato de bolo frito

Bolo frito com açúcar! bolo frito com canela! (2x)


As mocinhas da campanha
São lindas como o infinito
Seus lábios cor de pitanga
Lustrosos de bolo frito

Pro amor ficar gostoso tem que ser bem sinchadito
Pra sentir o perfume dela e o toque do bolo frito

(refrão)

Minha vizinha é leprada
Diz que é sonho com canela
Eu chamo de bolo frito
Mas sonho com a filha dela

Quando cruzo na cozinha pra reacender o meu pito
Farejo nas prateleiras o cheiro de bolo frito

(refrão)

Bolo frito é um adulão
Fazedor de casamento
Dá cupim em muitas moças
Com a força do seu fermento

E um dia a véia nos pega pela fresta da janela
Nós comendo sem açúcar, bolo frito e só canela!

Bolo frito sem açúcar! bolo frito só canela! (4x)


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

MATE: Só é mate se tiver algum jujo (chá) junto com a erva.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Quando vou ver minha prenda mato a coceira da goela bolo frito com açúcar bolo frito com canela
Dê-lhe Boca de Os Mateadores

Com uma trajetória de sucesso Os Mateadores em seu LP Dê-lhe Boca, lançado em 1988, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Mateadores.

Parceiros