Letra da música
Changueiro
Grupo Marcação

CD Baile Gaúcho (2016)


No sebruno estreleiro
Eu me fui de pago em pago
(uma guampa de cachaça
Em cada sesteada um trago)

Mas o vento minuano
Batia as franjas do pala
(fumo bueno e palha boa
E um charquezito na mala)

Quando a noite me tapava
Com o poncho da escuridão
(vinha a lua repontando estrelas
Num sinuelo de clarão)

Nas estâncias que passei
Domei muito, fui peão
(carretiei, fiz alambrado
E fui bueno na marcação)

Em tropeadas fui tropeiro
Vaqueano no corredor
(meu sebruno sempre atento
Pra algum boi separador)

Mas a geada do tempo
Me vem branqueando os cabelos
(hoje só resta a lembrança
Na minha mala dos pessuelos)


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

PAGO: Lugar em que se nasce, de origem

SESTEADA: Breve dormida para descanso após o almoço.

BUENO: Bom.

PONCHO: Pilcha, espécie de capa sem abertura e de gola redonda que abriga do frio.

SINUELO: Um ou mais animais mansos que servem de guia à tropa.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) No sebruno estreleiro eu me fui de pago em pago (uma guampa de cachaça em cada sesteada um trago)
Baile Gaúcho de Grupo Marcação

Com uma trajetória de sucesso Grupo Marcação em seu CD Baile Gaúcho, lançado em 2016, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Grupo Marcação.

Parceiros