Letra da música
A Voz da Querência
Walther Morais

CD De Todas as Querências (2016)


Esta música está disponível para ouvir

A querência tem voz no silêncio ao avesso
Palavra que a mãe de uma hora proseava
Na lida que escreve, da pátria, o começo
E da gente sofrida de face judiada

É uma voz que se ergue no canto dos galos
Na prece sentida que a fé sempre tem
No relincho altaneiro de um bueno cavalo
No amigo que guarda os conselhos do bem

A querência tem voz no rádio de pilha
E até na quietude do estalo das brasas
Remete ao futuro dizendo a trilha
Pra alma saber o caminho de casa

É um canto tão forte que se faz guarida
É água de rio correndo pra foz
Um grito de aboio na várzea estendida
Pela gente gaúcha, a querência tem voz

A querência tem voz pelas noites de lua
Fandango que embala alegrias do povo
Pode sim ser faceira, mas nunca recua
E até numa brisa nos fala de novo

É um jeito tranquilo da pampa falar
Mas muda o tom se preciso for
E a voz da querência não vai silenciar
Ela é o Rio Grande que nasce cantor

A querência tem voz no rádio de pilha
E até na quietude do estalo das brasas
Remete ao futuro dizendo a trilha
Pra alma saber o caminho de casa

É um canto tão forte que se faz guarida
É água de rio correndo pra foz
Um grito de aboio na várzea estendida
Pela gente gaúcha, a querência tem voz

A querência tem voz no rádio de pilha
E até na quietude do estalo das brasas
Remete ao futuro dizendo a trilha
Pra alma saber o caminho de casa

É um canto tão forte que se faz guarida
É água de rio correndo pra foz
Um grito de aboio na várzea estendida
Pela gente gaúcha, a querência tem voz


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

QUERÊNCIA: Lugar onde se gosta de viver; se quer viver; lugar do bem-querer.

RELINCHO: Som vocal dos eqüinos.

BUENO: Bom.

PAMPA: Descampados cobertos de vegetação rasteira onde a vista se estende ao longe; compreende desde a Província da Pampa Austral, ao sul de Buenos Aires (Argentina) até os limites do RGS com o Estado de Stª Catarina (Brasil).

Compartilhe

(letra e música para ouvir) A querência tem voz no silêncio ao avesso Palavra que a mãe de uma hora proseava Na lida que escreve, da pátria, o começo E da gente sofrida de face judiada
De Todas as Querências de Walther Morais

Com uma trajetória de sucesso Walther Morais em seu CD De Todas as Querências, lançado em 2016, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Walther Morais.

Parceiros