Letra da música
Baile Gaúcho
Tio Bilia

LP Tio Bilia - Encontro de Gerações (1993)


Uma morena de cruzá em arroio fundo
Cosa mais linda do mundo, era destaque da sala;
De vez em quando se luzia e gavionava
E há tempos eu cobiçava pra de baixo do meu pala

Passou bailando e me largou um par de vistaço
Preparei um cavallaço sacando o folha de abóbora
Todo o fronteiro no entreveiro se agiganta
Depois de um samba com fanta...tenho coragem de sobra

Baile gaúcho. cordeona e china bonita
Não se acredita no poder dessa infusão...!
Livra os pecados, cura as malezas da vida
E cicatriza as feridas que afligem o coração

E assim levei a conversa, lembrando que a noite é pouca
Que sorte louca. me da o prazer desta marca
Porque depois de nós se enredar num bailado
Nem raio, nem delegado, nem o teu pai nos aparta

E esta morena saiu manhosa se espiando:
De soslaio me bombeando. ariscona pras conversa
Assim eu gosto, quanto mais chucra mais doce
Qual o santo que te trouxe?
Que eu vou pagar uma promessa

E se o gaiteiro for das bandas de santana
De alma veia castelhana. vaqueano das madrugadas...
Sabe que a volta pra um romance de primeira
É num tranco de fronteira, pra bailar de cola atada.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

CHINA: Mulher mameluca (primeira companheira do gaúcho).

VAQUEANO: Prático e conhecedor do lugar.

TRANCO: Andadura lenta dos eguariços.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) uma morena de cruzá em arroio fundo cosa mais linda do mundo, era destaque da sala; de vez em quando se luzia e gavionava e há tempos eu cobiçava pra de baixo do meu pala
Tio Bilia - Encontro de Gerações de Tio Bilia

Com uma trajetória de sucesso Tio Bilia em seu LP Tio Bilia - Encontro de Gerações, lançado em 1993, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Tio Bilia.

Parceiros