Letra da música
Amaranto Pereira
Sidnei Lima

LP No Cinema - Vol. 3 (1980)


Esta música está disponível para ouvir


Amaranto pereira já não existe mais
Deixou seu nome na historia, mas não ficou nos anais
Muitos usaram teu nome,
Mas se esqueceram do homem que não está mais aqui
Ninguém te olhou como gente, somente riram de ti.

A morte é como a charqueada, não ouve o berro do boi
Hoje poucos recordam do gaúcho que se foi
Quem foi changueiro da arte alegrando este rincão
Veja que triste ironia o que eu soube poucos dias
Pra comprar o pão do dia
A sua esposa vendia a sua gaita de botão.

Mando um recado ao Taborda do conjunto Os Maragatos
Que conhece do Amaranto, cada historia, cada fato
Quando sobrar-lhe uns cobres recorde desses herdeiros
E o velho regionalista que foi cantor, repentista
Gaiteiro e até humorista
Na vida quis ser artista e não pode ganhar dinheiro.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

GAÚCHO: Palavra de origem guarany, pois nessa língua não existe vocábulos com o som da letra “L”.

RINCÃO: Lugar isolado em fundo de campo.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Amaranto pereira já não existe mais Deixou seu nome na historia, mas não ficou nos anais Muitos usaram teu nome,
No Cinema - Vol. 3 de Sidnei Lima

Com uma trajetória de sucesso Sidnei Lima em seu LP No Cinema - Vol. 3, lançado em 1980, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Sidnei Lima.

Parceiros