Letra
A Evolução Me Entristece

Músicas e letras de
Baitaca
CD Bailanta da Boneca (2006)


Esta música está disponível para ouvir

Minha cama, onde eu sesteio é o berço da tradição
Eu sou contra a evolução, preste atenção no que eu digo,
Conservo o sistema antigo e a nossa estampa campeira
Quem foi cria missioneira, segue essa estrada comigo

Aonde eu abro esse meu peito quem canta pouco se afasta
O modernismo se entrega sob os meus pés ele se arrasta
Eu sou a bandeira do Rio Grande, sou missioneiro e me basta.
Os gaúchos, de hoje em dia, esqueceram o campeirismo
Se entregaram ao modernismo, estão perdendo o apego
Quando carneiam um borrego, cortam a pele pelo meio
Botam em cima dos arreios uma garra de pelego.
Gauchada do Rio Grande, vamos se unir mais um pouco
Não usem bombacha estreita porque isso é traje pra louco
E o chapéu muito pequeno só serve pra juntar coco.

Tem jovem se destruindo e ainda pensa que é feliz
Respiram um pó no nariz já fica louco e se anseia
Bota uma argola na orelha que é pra enfeitar o esqueleto
Um silicone nos teto e um rabicó nas gadelha

Tem magrinho esgualepado, pensa que agüenta o repuxo
Só calça tênis de marca e veste terno de luxo
Se traja uma vez por ano e se considera gaúcho

Tem prendas no meu Rio Grande fugindo da nossa trilha
Bancando ser de família, usando roupa indecente
Só com uma tira na frente que um xucro vê e se apavora
Com quase tudo de fora não tem respeito que agüente

Domingo no CTG se atraca no barifum
Mas quando é Segunda-feira bota um vestuário comum
E desfila mundo afora mostrando perna e bumbum


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

ARREIOS: Conjunto da encilha.

BOMBACHA: Calça-larga abotoada na canela do gaúcho

RABICÓ: gominha de cabelo

XUCRO: Selvagem.

BOTA: Calçado com cano (curto, médio ou longo), feito de couro.

Compartilhe

Baitaca - A Evolução Me Entristece (letra e música para ouvir) Minha cama, onde eu sesteio é o berço da tradição Eu sou contra a evolução, preste atenção no que eu digo, Conservo o sistema antigo e a nossa estampa campeira Quem foi cria missioneira, segue essa estrada comigo
Bailanta da Boneca de Baitaca

Com uma trajetória de sucesso Baitaca em seu CD Bailanta da Boneca, lançado em 2006, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Baitaca.

Parceiros