Letra da música
Amarga Lembrança
Os Filhos do Rio Grande

LP Xote do Amor (1988)


Chinoca lembras que um dia eu implorei teu amor
Quando eu mais te queria zombaste da minha dor
Não quis fazer meus desejos me deixou na solidão
Hoje tu tens muitos beijos, mas vive de mão em mão.

Na solidão do meu quarto sem ninguém pra conversar
Olhando o teu retrato vivo triste a recordar.
Contigo fui tão feliz, mas tudo chegou ao fim,
Por que tu chinoca não quis viver somente pra mim.

Mas hoje a tua beleza de ti ela se some
E mostra no rosto a tristeza por ter manchado teu nome
Tanto bem que eu te fiz, mas tu me jogaste fora
Hoje me sinto feliz em saber que você chora.

Esta canção que eu canto é uma mensagem de dor
De quem derramou o pranto por culpa do teu amor
Que o som deste meu pinho e minha triste canção
Entre como um espinho no teu falso coração.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Chinoca lembras que um dia eu implorei teu amor Quando eu mais te queria zombaste da minha dor Não quis fazer meus desejos me deixou na solidão Hoje tu tens muitos beijos, mas vive de mão em mão.
Xote do Amor de Os Filhos do Rio Grande

Com uma trajetória de sucesso Os Filhos do Rio Grande em seu LP Xote do Amor, lançado em 1988, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Filhos do Rio Grande.

Parceiros