Letra da música
Lá Fora
Miguel Marques

CD 30 Anos (2012)


Esta música está disponível para ouvir

La fora quando amanhece
O galo canta bem cedo
La pro lado do arvoredo
Se rotouca a passarada
Um índio madrugador
Vai alisando o porongo
Ajeita a taipa pra um mate
Que a água já está no ponto.

Nem bem o sol mostra a cara
Se arremanga a peonada
Já se acorda a gurizada
Vão apojando os terneiro
Um peão volteia os cavalos
Pra encilhar que tá na hora
De se largar a campo a fora
Tem castração no rodeio.

O laco cortando o espaço
Cerra na aspa do touro
E o taura por desaforo
Deixa a argola relanpeando
E outro só por proeza
Com a armada de todo o laço
Da um pealo de cucharra
E mostra certeza no braço.

Assim e a vida la fora
Naquele fundão de campo
Onde amanhece e anoitece
Mas sempre no mesmo tranco
Pra uma visita la fora
Nao precisa ser parente
A hospitalidade mora
No coração desta gente.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

ASPA: Chifre (guampa)

TAURA: Vivente que se pode recomendar.

PEALO: Ato de arremessar o laço (ou sovéu) e por meio dele prender as patas do animal que está correndo e derrubá-lo. Existem muitos tipos de PEALO, entre os quais:

Compartilhe

(letra e música para ouvir) la fora quando amanhece o galo canta bem cedo la pro lado do arvoredo se rotouca a passarada
30 Anos de Miguel Marques

Com uma trajetória de sucesso Miguel Marques em seu CD 30 Anos, lançado em 2012, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Miguel Marques.

Parceiros