Letra da música
Bela Ingrata
Os Bertussi

LP Adelar Bertussi e Itajaíba Mattana - Os Cobras do Teclado - Vol 02 (1968)


Oh, bela ingrata não me amas
E nem se quer me dá atenção
Eu vivo sempre suspirando
Eu vivo louco de paixão

Eu não mereço o teu amor
Eu não mereço o teu olhar
Eu não mereço os teus carinhos
Só o que me resta é penar.

Eu já cansei de te pedir
Eu já cansei de te dizer
Oh, bela ingrata não tens pena
Deste meu pobre padecer.

Tenho sofrido tanto, tanto
E vou embora deste rincão
Eu não suporto teu desprezo
Eu não suporto esta ingratidão

Eu vou embora desta terra
Quero parar é de sofrer
Eu vou embora pra bem longe
Eu nunca mais quero te ver.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Oh, bela ingrata não me amas E nem se quer me dá atenção Eu vivo sempre suspirando Eu vivo louco de paixão
Adelar Bertussi e Itajaíba Mattana - Os Cobras do Teclado - Vol 02 de Os Bertussi

Com uma trajetória de sucesso Os Bertussi em seu LP Adelar Bertussi e Itajaíba Mattana - Os Cobras do Teclado - Vol 02, lançado em 1968, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Bertussi.

Parceiros