Letra da música
Martelinho Pra Frente (part. Mary Terezinha)
Teixeirinha

LP Entre a Cruz e o Amor (1971)


Ele
e, É o martelinho de novo
ela
e tu jÁ vai levar uma martelada na cabeÇa
ele
serÁ?
ele
tenho um violÃo de pinho
quando no meu peito encosta
minha idÉia se renova
prÁ tudo tem a resposta
laranjeira nÃo dÁ cacho
ela
mas o galho cai nas costas
mas o galho cai nas costas
laranjeira nÃo dÁ cacho
eu subo na laranjeira
arranco todas que eu acho
como as laranjas e nÃo dou
ele
e eu fico olhando de baixo
e eu fico olhando de baixo
laranjeira muito alta
onde a macaca trepou
tomara que eu perca o pÉ
ela
macaco É o teu avÔ
macaco É o teu avÔ
tomara que eu perca o pÉ
eu caio em cima de ti
seu cara de chimpanzÉ
sÓ no circo tu tens vez
ele
esposa de jacarÉ
esposa de jacarÁ
sÓ no circo tu tens vez
menina de perna fina
palito de japonÊs
eu sou cara bonito
ela
esse cara É meu freguÊs
esse cara É meu freguÊs
tu És um cara bonito
tÁ se vendo que tu tens
uma cara de cabrito
beleza tu nÃo tens nada
ele
filhota de periquito
filhota de periquito
beleza eu nÃo tenho nada
eu sou bonito e tu tens
cara de onÇa pintada
com toda minha beleza
ela
nÃo arruma namorada
nÃo arruma namorada
com toda tua beleza
tÁ dizendo que É bonito
nÃo se enxerga É uma tristeza
vou te mandar prÁ inglaterra
ele
e eu me caso com a princesa
eeu me caso com a princesa
vai me mandar prÁ inglaterra
vou trazer minha princesa
prÁ morar em cima da serra
ou arranjo outra mais bela
ela
serÁ que essa vaca berra?
serÁ que essa vaca berra?
ou arranjo outra mais bela
tu com essa cara feia
morre sem uma costela
com toda tua feiura
ele
jÁ vi o umbigo dela
jÁ vi o umbigo dela
com toda minha feiura
mesmo eu nÃo tÔ te querendo
canela de saracura
quero uma de quinze anos
ela
te bota na sepultura
te bota na sepultura
quer uma de quinze anos
tu jÁ passaste dos trinta
tu te entrega
eu nÃo te engano
pensa o que eu estou te dizendo
ele
tu tambÉm entra no cano
tu tambÉm entra no cano
pensa o que eu estou te dizendo
eu sei que passei dos trinta
agora É que estou fervendo
seu eu ir tu vais ter ciÚmes
ela
vem cÁ nÃo tÔ te vendendo
vem cÁ nÃo tÔ te vendendo
se tu vais tenho ciÚmes
tu És um cara prÁ frente
me botaste em mal costume
a mamÃe aqui sÓ brincou
o papai É vagalume
ele/ela
o papai É vagalume
a mamÃe aqui sÓ brincou
jÁ divertimos vocÊs
ela vai eu tambÉm vou
a mary e o teixeirinha
deus fez e o diabo juntou.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Ele e, É o martelinho de novo ela e tu jÁ vai levar uma martelada na cabeÇa
Entre a Cruz e o Amor de Teixeirinha

Com uma trajetória de sucesso Teixeirinha em seu LP Entre a Cruz e o Amor, lançado em 1971, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Teixeirinha.

Parceiros