Letra da música
Sinais
Grupo Quero Quero

CD Pra Todas as Festas (2001)


Quando na coxilha grita um quero-quero
Troca orelha o baio, o cusco late, alguém vai chegar
É o sinal dos bichos, que se diz lá fora
Quando na tardinha vem alguém prosear

Se aquieta o tempo, cala a criação
Nem galinha cisca, vai ter viração
Vai, recolhe a roupa que tem no varal
Daqui há pouco a gente vai ter temporal

É assim na roça
Pra quem vive lá
São sinais do tempo
Pode acreditar

Se floresce cedo o pé de maricá
Diz a natureza que o inverno logo chegará
Vai rachando lenha, prepara o fogão
E com o sereno a geada chega branqueando o chão

E se no fim do dia tá vermelho o céu
Lá no horizonte, vira um fogaréu
Vai ser quente o dia, vai queimar o sol
Vou sair bem cedo, achar uma sombra e iscar o anzol


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

COXILHA: Leves ondulações topográficas no terreno.

CUSCO: Pequeno cachorro (o mesmo que guaipeca).

SERENO: Orvalho.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) quando na coxilha grita um quero-quero troca orelha o baio, o cusco late, alguém vai chegar É o sinal dos bichos, que se diz lá fora quando na tardinha vem alguém prosear
Pra Todas as Festas de Grupo Quero Quero

Com uma trajetória de sucesso Grupo Quero Quero em seu CD Pra Todas as Festas, lançado em 2001, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Grupo Quero Quero.

Parceiros