Letra da música
Anseios
Grupo Manotaço

CD Diploma de Campeiro (2010)


Esta música está disponível para ouvir

(Gracio Pessoa)

Passei o dia agoniado, nem o mate não descia
Chorei, pitei, bebi trago, gritei, mas ninguém me ouvia
Desci o violão da parede, afinei, dei melodia
Pra rima fui dando asas, coração ardendo em brasas
Era de amor que eu sofria

Vê como um campeiro sofre no sufoco dessa ânsia
O coração é igual potro que, pouco a pouco, se amansa
Vê como um campeiro sofre sufocado nessa ânsia
O coração é igual potro que, pouco a pouco, se amansa

Na milonga eu questionava, perguntando ao coração
Ele não me respondia, não dizia sim ou não
E nessa conversa franca não tinha meia verdade
Convenci meu coração, a milonga e o violão
Buscar minha cara-metade

Vê como um campeiro sofre no sufoco dessa ânsia...


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

MATE: Só é mate se tiver algum jujo (chá) junto com a erva.

CAMPEIRO: Vivente que monta bem e é hábil no serviço de campo.

POTRO: Cavalo novo que ainda não levou lombilho.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) (Gracio Pessoa) Passei o dia agoniado, nem o mate não descia Chorei, pitei, bebi trago, gritei, mas ninguém me ouvia
Diploma de Campeiro de Grupo Manotaço

Com uma trajetória de sucesso Grupo Manotaço em seu CD Diploma de Campeiro, lançado em 2010, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Grupo Manotaço.

Parceiros