Letra da música
A Carta Da Despedida
Teixeirinha

LP Disco de Ouro (1965)


Declamado
se estou chorando
É porque alguém um dia
quando eu mais queria
me abandonou
dei-lhe um lar
humilde mas honrado
tudo que ela queria
eu tinha comprado
sem eu ver um dia
saiu deixou uma carta
e nunca mais voltou
até o nosso filho
que ainda não tinha nascido
levou consigo escondido
e, aqui chorando estou.

o cano d´agua furou
o canarinho morreu
flores do nosso jardim
o seu perfume perdeu
o sabiá cantador
não cantar mais resolveu
depois que você partiu
tudo aqui entristeceu

seu retrato na parede
desbotou está tão triste
suas vestes no guarda roupa
seu perfume ainda existe
eu não queria chorar
mas a saudade insiste
ver nosso lar tão sozinho
meu coração não resiste

vejo o fogão na cozinha
prato sujo de comida
no quarto do nosso amor
uma cama mal vestida
lá na mesa da varanda
a carta da despedida
dando adeus
mas não dizendo
o motivo da partida

a noite não traz consolo
o dia só traz saudade
você levou para sempre
a minha felicidade
se o nosso filho nasceu
escreva por caridade
ele é sangue do meu sangue
fruto da sua maldade.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Declamado se estou chorando É porque alguém um dia quando eu mais queria
Disco de Ouro de Teixeirinha

Com uma trajetória de sucesso Teixeirinha em seu LP Disco de Ouro, lançado em 1965, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Teixeirinha.

Parceiros