Letra da música
A Volta Da Mãe Diferente
Teixeirinha

LP Bate Bate Coração (1965)


Quem ouve um cantor a cantar quem ouve um violão dolente
por mais forte que seja a pessoa não tem coração que agüente
está no meu lar de volta aquela mãe diferente
quando eu menos esperava ela voltou de repente
voltou pra acalmar o pranto daqueles dois inocentes
o paulinho chorou de alegria e a miriam chorou de contente

a miriam que ainda não falava chamou mamãe com carinho
e a mãe que também não chorava chorando abraçou o paulinho
uniu os dois contra o peito em lágrima falou baixinho
só deus me mandando a morte pra deixar vocês sozinhos

de noite eles dormem abraçados na mãe que eles tanto adoram
sonhando o paulinho às vezes diz mãezinha não vai mais embora
a miriam lhe pede o biquinho comove a mamãe toda hora
e o meu coração de pai de alegria ou de dor também chora

a miriam está mais bonitinha o paulinho mais encantador
com a volta da mãe diferente nosso ninho já tem mais calor
ela hoje é mãe igual às outras e me ama com todo fervor
//:seu carinho é puro e de verdade e termina essa história de amor://

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Quem ouve um cantor a cantar quem ouve um violão dolente por mais forte que seja a pessoa não tem coração que agüente está no meu lar de volta aquela mãe diferente quando eu menos esperava ela voltou de repente
Bate Bate Coração de Teixeirinha

Com uma trajetória de sucesso Teixeirinha em seu LP Bate Bate Coração, lançado em 1965, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Teixeirinha.

Parceiros