Letra da música
Sertaneja
Teixeirinha

LP Fora de Série (1971)


Sertaneja se eu pudesse
E papai do céu me desse
O espaço pra voar
Eu corria a natureza
Acabava com a tristeza
Só pra não te ver chorar
Na ilusão deste poema
Eu roubava um diadema
Lá no céu pra te ofertar
E onde a fonte murmureja
Eu erguia uma igreja
Dentro dela o teu altar

Sertaneja porque choras
Quando eu canto
Sertaneja e este canto
É todo seu
Sertaneja pra secar os teus olhinhos
Vai ouvir os passarinhos
Que cantam mais do que eu

A tristeza do teu pranto
É mais triste quando eu canto
A canção que eu te escrevi
E os teus olhos neste instante
Brilham mais que a mais distante
Das estrelas que eu já vi

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Sertaneja se eu pudesse e papai do céu me desse o espaço pra voar eu corria a natureza
Fora de Série de Teixeirinha

Com uma trajetória de sucesso Teixeirinha em seu LP Fora de Série, lançado em 1971, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Teixeirinha.

Parceiros