Letra
Laços da Falsidade

Músicas e letras de
Porca Véia
CD Porca Véia - Ao Vivo (2008)


Eu tenho marcas profundas dentro da alma
Lembranças que me fizeram chorar de dor
Tropilhas de sentimento desperdiçados
De alguém que parou o rodeio no meu amor
Enrodilhado nos braços da falsidade
Acreditei numa estrada cheia de flores
Vez de colher carinho, colhi saudade
E a minha felicidade perdeu a cor
(minha cordeona chora comigo
Compartilhando do meu sofrer
Bis

Meu canto é triste por que não tenho
Mais alegria no meu viver)
Repare o jeito da china que envenena
Tem o perfume das flores na primavera
Andar de pombinha mansa, pele morena
Capaz de arrancar suspiro de todo qüera
Tem tudo que a gente quer da mulher amada
É a prenda mais cobiçada do meu rincão
Porém o mais importante ela não tem nada
Lhe falta sinceridade no coração


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

RODEIO: Reunião para cuido, que se faz do gado.

CHINA: Mulher mameluca (primeira companheira do gaúcho).

PRENDA: Jóia, relíquia, presente (dádiva) de valor; em sentido figurado, é a moça gaúcha porque ela é jóia do gaúcho.

RINCÃO: Lugar isolado em fundo de campo.

Compartilhe

Porca Véia - Laços da Falsidade (letra e música para ouvir) Eu tenho marcas profundas dentro da alma Lembranças que me fizeram chorar de dor Tropilhas de sentimento desperdiçados De alguém que parou o rodeio no meu amor
Porca Véia - Ao Vivo de Porca Véia

Com uma trajetória de sucesso Porca Véia em seu CD Porca Véia - Ao Vivo, lançado em 2008, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Porca Véia.

Parceiros